O Arquivo

O Arquivo preserva  a documentação de caráter público e privado, que trata da História de Sergipe e foi constituído por doação de sócios e, também, pela transferência feita por órgãos públicos, em seus mais de cem anos de fundação.

 

Os documentos mais antigos sob a guarda do Instituto datam do século XVII integrantes do códice de sesmarias das terras concedidas após a conquista de nosso território.

Os principais FUNDOS, além da coleção administrativa do próprio Instituto (atas, correspondência recebida e expedida, avisos, documentação financeira, plantas, etc.) são os de Armindo Guaraná, Epifânio Dória, Fernando Porto, General Lobo, Ivo do Prado, João Reis, José Calazans, Oliveira Teles, Padre Aurélio, Urbano Neto, Lauro Porto, Djaldino Moreno e Maria Thétis Nunes.

O arquivo iconográfico reúne mais de mil e quatrocentas peças.